Qual é a diferença entre Nylon, Teflon e polipropileno?

A substituição de um plástico por outro pode passar despercebida ao consumidor. O Teflon (Politetrafluoretileno), Nylon e polipropileno (PP) possuem solução versátil para o dia-a-dia e servem como exemplo de substituição perfeita, porém, cada um leva características próprias.

Teflon

O Teflon é ideal para o desenvolvimento de soluções em temperaturas mais quentes, pois ele é altamente resistente, o que reduz a taxa de deformação inicial, aumentando a dureza e a condutividade sua expansão térmica.

Por ser de fácil usinagem e permitir a aplicação de aditivos, é um plástico de engenharia muito solicitado no mercado.

Nylon

Outro plástico muito utilizado é o Nylon. Ele é um plástico industrial, que se destaca por ser leve, com baixo coeficiente de atrito e grande poder de isolação elétrica.

É um material estável e pode ser substituído pelos metais convencionais que são empregados em materiais de construção civil.

exemplos-de-polimeros-de-adicaoPolipropileno

Já o polipropileno, por ser uma resina termoplástica (tipo de plástico que pode ser moldado usando apenas aquecimento) composta por diversas propriedades, permite várias aplicações.

Ele possui baixo custo e outras vantagens, como fácil coloração, boa resistência ao impacto acima de 15 graus e boa estabilidade térmica.

Polipropileno é um material que pode ser aplicado em brinquedos, copos plásticos, tubos de canetas, carpetes, material hospitalar esterilizável, material aquático, entre outros.

Ultimamente, apenas o Polipropileno tem sido usado no interior dos automóveis, o que facilita a reciclagem do material no momento do sucateamento do veículo.

Postagens relacionadas:

Seja o primeiro a comentar em "Qual é a diferença entre Nylon, Teflon e polipropileno?"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*